Carregando...

História


 

São Luís fundada por franceses

Capital do Estado, São Luís é a principal cidade do Maranhão, situada em pleno Golfão Maranhense, à entrada da Baía de São Marcos, formada pelos estuários do Rio Anil e Bacanga. Foi fundada em 08 de setembro de 1612 na Ilha de Upaon- Açu (Ilha Grande) assim denominada pelos indígenas, onde foi construído um forte chamado Saint Louis, por uma expedição francesa incumbida de estabelecer uma Colônia, além da linha equatorial cujos componentes foram Daniel de La Touche - Sr. De La Ravardière e Francois de Rasilly - Sr. De Aunelles e Rasilly.

Com a expulsão dos franceses em 1621, São Luís passou ao domínio dos portugueses, sendo então elevada à sede do chamado Estado do Maranhão. Em 1641, foi ocupada por Holandeses que até fevereiro de 1644 permaneceram por aqui.

Devido à sua localização favorável à atividade portuária, São Luís tornou-se, no período colonial, importante centro de exportação de algodão e cana- de- açúcar.

Praia Grande

Grande centro polarizador do comércio maranhense, a Praia Grande foi nos séculos XVIII e XIX a sede das primeiras atividades econômicas de médio e grande porte do Estado, ali se instalando grandes firmas comerciais, que abasteciam São Luís e o interior do Maranhão. Era também, um dos maiores pontos de recepção de escravos para as fazendas de algodão ou para trabalharem em benefício da aristocracia rural que passou a habitar os grandes sobrados daquele espaço de opulência e riqueza.

No início da década de 60, com o surgimento da política do Governo Federal de interligar as capitais brasileiras através de rodovias, a estrutura comercial da Praia Grande declinou.

A Praia Grande faz parte do Centro Histórico da cidade de São Luís, onde as edificações tem características totalmente influenciadas pela arquitetura, portuguesa, sendo a maioria de três pavimentos, totalmente azulejados formando belos casarões, atualmente tombados pelo patrimônio histórico da União.

Desterro

Bairro tipicamente de pescadores, o Desterro é um dos mais antigos da cidade. Nesse local, no início da colonização portuguesa, houve uma pequena ermida de frente para o mar dedicada a Nossa Senhora do Desterro. Foi o primeiro templo construído em São Luís, no século XVII.

Nesse bairro também está localizado o Convento das Mercês, onde funcionou o Corpo de Bombeiros e agora a Fundação da Memória Republicana.

Um pouco da história do Maranhão

Maranhão

A palavra Maranhão pode ter vários significados, como: grande mar, grande mentira, mexericos e águas que correm brigando. Frei Custódio de Lisboa diz que Maranon era o nome do atual rio Amazonas, como já lhe registra o descobrimento em 1499.

Descobrimento

Alguns historiadores levantam a hipótese de que o norte do território que chamamos Maranhão tenha sido a primeira porção de terra brasileira a ser conhecida pelos europeus, antes de 1500. A grande dúvida está em quem chegou primeiro ao Maranhão. Existem alguns nomes apontados como prováveis descobridores, dentre eles destacam-se: Américo Vespúcio, Yanez Pinzon e outros.

Povoamento

O povoamento do Maranhão iniciou-se através do litoral onde os portugueses se concentraram e desenvolveram a agricultura de cana de açúcar. Com o desenvolvimento do plantio de cana, muitos engenhos foram construídos e inúmeras povoações surgiram em torno deles. Essas povoações deram origem às cidades de Santo Antônio de Alcântara, Itapecuru, Rosário, Icatu e outras.

A ocupação definitiva do interior só iniciou-se depois de vários anos de ocupação do litoral, através de três correntes principais de povoamento:

  • Corrente dos Jesuítas
  • Corrente Pastoral (sul do Estado, através dos piauienses, cearenses, sertanistas e vaqueiros)
  • Corrente Agrícola (séc. XVIII, com o cultivo do algodão, que era inclusive exportado para a Inglaterra.

A Invasão Francesa

Expulsos da França Antártica, os franceses fazem uma Segunda tentativa, desta vez em terras do Maranhão, conhecida pelos índios Tupinambás como Upaon Açu (Ilha Grande). Em 1612, Daniel de La Touche, Senhor de La Ravardière, chega ao Maranhão com uma expedição, com a finalidade de fundar uma colônia francesa, chamada França Equinocial, por se encontrar além da linha equinocial.

Principais fatos da presença francesa em São Luís:

  • Primeira Missa - 12 de agosto de 1612
  • Fundação de São Luís - 8 de setembro de 1612
  • Principal confronto - Batalha de Guaxenduba
  • Expulsão dos franceses - 1615

A Invasão Holandesa

Em novembro de 1641, uma expedição holandesa sob o comando de Pierre Boas chegou ao Maranhão e tomou a cidade de São Luís, saqueando casas e igrejas. Em setembro de 1642, os maranhenses organizaram uma reação no vale do Itapecuru. A glória da expulsão dos invasores coube ao Capitão Antônio Teixeira de Melo que, retornando à cidade em 28 de fevereiro de 1644, encontrou-a praticamente em ruínas.



Back